Prepare seu cãozinho para a chegada do bebê

Que os cachorros são nossos melhores amigos nós não temos dúvidas, mas será que eles serão tão companheiros assim do bebê que está para chegar? Toda gestante fica com dúvidas e receios no momento de apresentar o cachorro ao recém-nascido, mas basta se preparar direitinho e cuidar dos detalhes para que este relacionamento seja tão perfeito quanto você sempre sonhou. Vamos às dicas?

Deixe que ele cheire a sua barriga

Os cães conseguem ouvir os sons da criança dentro da barriga da mãe e são capazes de sentir por meio do olfato as mudanças hormonais no corpo da mulher durante este período.

Tratamento preventivo
Se o seu cãozinho se mostra inseguro ou agressivo é recomendado que busque um adestrador experiente para prepará-lo para este momento, mas se seu cahorro não possui nenhum tipo de problema comportamental vá direto para a próxima dica. 

Prepare o ambiente
Defina previamente questões relacionadas à circulação do seu cachorro:- Ele terá acesso ao quarto do bebê? - Precisará mudar o local aonde ele dorme?Caso necessite de alguma adaptação realize a mudança progressivamente antes da chegada do bebê.

O cheirinho do bebê
Leve para a maternidade alguns paninhos limpos e deixe-os em contato com o bebê. Depois peça para alguém levar esse pano para casa colocando em um local onde o cãozinho costuma fazer coisas prazerosas: próximo à vasilha de ração, na caminha ou junto aos brinquedos.

O grande encontro
Ao chegar em casa, o ideal é agir com naturalidade, alguns cães ficam desconfiados e estranham o choro da criança então o melhor é que a aproximação seja gradual, de acordo com a aceitação e tranquilidade do cachorro. Mas se você sentir segurança poderá deixar o cachorro cheirar o bebê.

Preserve a rotina
Tente manter a rotina do cachorro, o horário do passeio, brincadeiras, carinho e alimentação com a mesma intensidade de sempre. Assim você evita que ele se sinta deixado de lado para que não surja ansiedade resultando em comportamentos indesejados. 

Convivendo em harmonia
Com o passar dos dias a aproximação pode ser maior. A convivência entre cães e crianças é muito benéfica para ambos. Porém, mesmo se tratando de um animal extremamente dócil e carinhoso, o contato entre cachorro e bebê deve ser supervisionado sempre!

Imagens: br.freepik.com
Este artigo foi postado por Cristina Pleszko na Gestantips 

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado Os campos obrigatórios estão marcados *

Os comentários deverão ser aprovados antes de publicarmos.

Carrinho